REVIEW: Fallout 3

Hey pessoal!
Hoje teremos uma review meio diferente, baseada no sistema de reviews do Continue (continue.com.br). Espero que não fiquem bravos.

REVIEW APÓS O MORE!

Ok, Fallout 3 é um jogo de simulação pós-apocalíptica. Aconteceu uma guerra nuclear 200 anos atrás entre USA e China. Os USA foram destruídos. Porém, algumas pessoas mais fodinhas foram escolhidas para serem enviadas para Vaults. Essas vaults são bunkers montados dentro de cavernas que suportam várias pessoas. Você no jogo é o habitante da Vault 101, o que é extremamente legal. O seu nome não é Frank Qualquer Coisa. Você é você (ou quem você quiser). Você escolhe um nome, sexo, aparência, como você é em relação a personalidade(em termos de força, inteligência e outras faggotagens), várias outras coisas.

Aprenda a odiá-los.

Aprenda a odiá-los.

Isso explicado, seu pai foge da Vault depois de um tutorial super-awesome onde aquelas coisas que acabei de falar são definidas. E você foge por consequência procurando por ele. Ou seja, tudo para uma história muito boa.

So, here we go:

HARDCORE [+]

  • Liberdade: você pode fazer basicamente o que der na telha. Você pode invadir uma cidade e atacar todo mundo, ou ser legal e realizar algumas coisas para melhorar a vida dos habitantes da mesma. O mapa é gigantesco, há muito o que explorar. GTA não oferece tamanha liberdade, nem metade do que é oferecido por Fallout.

    O V.A.T.S.

    O V.A.T.S.

  • Karma: muito legal. Acho que não é uma idéia nova, mas nunca vi ser melhor executada. Muito melhor que Fable. Em Fallout, você pode executar ações legais (não bater nas pessoas, dar água pra mendigos) ou ser mal (explodir uma bomba nuclear, matar todo mundo). Bem mais legal ser mal, mas o jogo é tão bem construído e escrito que as vezes dá dó de arrebentar com todo mundo.
  • Apropriar-se do que é alheio, utilizar substâncias tóxicas: UHU! Imagine entrar na casa de qualquer pessoa, pegar o que ver, esconder no bolso e TCHARAM! Diversão infinita. Além do mais, é possível hackear PCs para abrir cofres e pegar dinheiro (Curiosidade: Dinheiro como conhecemos hoje não existe no mundo “fallouteano”. São utilizadas tampinhas de garrafas). Ah, outra coisa bem legal é utilizar chems, as drogas. Elas melhoram seus atributos e você pode ficar viciado. Life sucks, I know.
  • Inimigos: existem algumas facções no jogo (uma legal e outras duas ruins, se disser qual é qual, é spoiler) e os monstros. Existem os ghouls (uns trouxas não-tão-hardcores como você que não tiveram a oportunidade de ir pra vaults) que merecem ser mortos. Tem os super-mutantes, uns bichos nojentos lá que também merecem ser mortos. E tem os seres humanos comuns que também merecem ser mortos merecem ser bem tratados assim como nós fazemos hoje, correto? NÃO, BAD KARMA FTW!

    FUCKING GHOULS KILL THEM!

    FUCKING GHOULS KILL THEM!

  • V.A.T.S.: uma alternativa pra mira em primeira pessoa (que é quite ruim, um dos poucos defeitos do jogo) que é muito boa. Essa opção facilita as explosões de membros que são bem engraçadas.
  • Armas: grande variedade, tem até uma Mini-Nuke Launcher. Bem útil.

HUGE FAIL [-]

  • Movimentação em 3ª pessoa: é horrível! Parece Mirror’s Edge em 3ª pessoa (muito ruim também). Não use, de verdade. É uma belíssima bosta, diferente da 1st person view, que é boa, igual a qualquer outro FPS. 3ª pessoa vale pela intenção.
  • Censura: a tamanha liberdade que Fallout te proporciona gera umas censuras muito fags. Exemplo, não podemos matar crianças. Podemos arrebentar membros de pessoas mas não podemos matar um pirralho estúpido. A versão japonesa do jogo (dica: NÃO COMPRE-A DE FORMA ALGUMA) não permite uma das coisas mais legais possíveis em Fallout: explodir aquela bomba maldita graças a um “trauma”. É a mesma coisa de jogos alemães que tiram suásticas dos jogos. Violência pode, um símbolo que deveria ser lembrado para não ser repetido no futuro não. Colocam uma cruz escrota lá.

—————————————————————————————————————————————————

CONCLUSÕES FINAIS

Fallout é uma série foda, a versão nextgen é hardcore e etc. Não é a toa que ganhou GOTY pela IGN. Merecido, mas MGS4 é bem melhor. Vale a compra, a troca, o roubo qualquer coisa pra conseguir o jogo. Vale muito a pena (relembrando: NÃO COMPRE A VERSÃO JAPA [que ao contrário do que acontece normalmente, é bem menos pervertida]). Ah, e eu consegui meu Fallout com o @bruno_123101.

NOTA FINAL: 9,5

Versão testada: PS3, 720p, Dualshock 3.

Uma resposta

  1. Conseguiu ou não seu faggot tenho até sexta para decidir o destino de sua vida muahahaha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: